Para que um negócio comece (e mantenha-se) bem, é importante que empreendedor e empreendimento estejam alinhados. Conhecer bem o seu perfil, habilidades e características é essencial para definir o melhor estilo de negócio a ser aberto. O sucesso de uma franquia depende, antes de mais nada, de quem a movimenta. Por isso, confira nossas dicas para saber como escolher a franquia certa para o seu perfil!

5 pontos para analisar antes de escolher uma franquia

Cada franquia tem uma forma de trabalhar, um ramo comercial, um público, um horário etc. O importante é que você se identifique com a rede franqueadora, verificando se está dentro daquilo que deseja e dos seus objetivos. Para isso, analise os seguintes pontos:

 

1. Autoavaliação

Pessoas satisfeitas, realizadas e que fazem o que gostam trabalham com muito mais motivação, produtividade e persistência. Por isso, é importante se conhecer, entender seus limites, preferências, desejos e habilidades. Algumas perguntas podem ajudar a descobrir fatores cruciais:

  •     Quais são os setores pelos quais se interessa?
  •     Você quer trabalhar todos os dias da semana? Quais horários? Uma franquia de roupas pode ter um horário diferente de uma rede de fast food, por exemplo.
  •     Qual é o público com o qual deseja lidar? Consumidor final ou empresas?
  •     Qual é o nível de dedicação que você tem disponível para a franquia? Poderá trabalhar diretamente no estabelecimento ou contratará um gestor?
  •     Qual é a sua capacidade financeira?

2. Ramo de negócio

Roupas, calçados, alimentos, acessórios, brinquedos, saúde, turismo… São diversas opções para se encaixar em suas afinidades e valores. Procure o setor de mercado com o qual você mais se identifica, afinal, você terá que estudar e passar bastante tempo envolvido com assuntos, atividades e tarefas do tipo de negócio escolhido.

3. Investimento

É essencial avaliar o capital disponível a ser investido, o valor inicial necessário para adquirir a franquia, o tempo previsto de retorno, a expectativa de faturamento, a sua reserva financeira etc. Além disso, verifique taxas que devem ser pagas e outros valores que podem ser cobrados durante o período do contrato.

Avalie os números e estatísticas da rede franqueadora para saber se o negócio cabe no seu bolso. Se necessário, peça ajuda a um profissional.

4. Valores da empresa

Pesquise sobre os valores da franqueadora para saber se são compatíveis com os seus. Por exemplo, se você defende o consumo de alimentos naturais e frescos, uma rede de fast food pode não ser a melhor opção para o seu perfil.

Também vale a pena saber como a empresa trata questões de sustentabilidade, mão de obra, capacitação, suporte, atendimento ao consumidor etc.

5. Estude sobre franquias e gestão

Não é obrigatório nenhum diploma específico para abrir uma franquia, no entanto, conhecimento nunca é demais. Portanto, estude sobre o assunto para saber como essa forma de negócio funciona. Isso também é importante para comparar redes, tirar dúvidas e saber as competências necessárias para administrar uma empresa.

Cursos online, graduações, pós-graduações, cursos de extensão, congressos, palestras e diversos materiais estão disponíveis de forma fácil e acessível atualmente. A Camisaria Italiana, por exemplo, tem um programa de franquia e oferece para download uma apresentação com os diferenciais da marca e requisitos básicos.

Já deu para perceber que é importante conhecer bastante sobre as franquias antes de optar por uma, não é mesmo? Que tal saber mais sobre o peso que a tradição e consolidação de uma marca podem ter para um negócio?