Você sabe o que é dress code? É uma espécie de código do que vestir em determinada situação ou evento. No post de hoje, vamos focar em um dos mais importantes desses protocolos de vestuário: o Black Tie.

Entenda quais são os requisitos para destacar sua elegância e qual é a melhor forma de compor seu look dentro desse contexto.

Conhecendo o estilo Black Tie

Você já leu em algum convite o pedido: “traje Black Tie obrigatório”? Em caso afirmativo, e não saiba o que fazer nem que roupas vestir, é preciso entender melhor sobre como deve compor seu look para ficar dentro da proposta de dress code.

Bem, para entender, vamos do começo. Black Tie é um dos tipos de traje mais formais — apenas perdendo para White Tie — e compreende diversos detalhes e regras que devem ser estritamente respeitadas, bem como um corte e molde de peças com um padrão específico.

Por essas razões, se você gosta de ousar e de se destacar, terá de abusar da criatividade, pois a formalidade requerida faz com que seja quase um uniforme para o homem. Contudo, se não deseja se complicar ao investir em Black Tie, foque no minimalismo. Simplicidade sempre. Assim, você não abre espaço para o erro.

Passo 1: escolha seu smoking

A melhor dica, no que se refere à peça mais importante de um look Black Tie — após a gravata, é claro — é escolher seu smoking com linhas mais limpas e sóbrias. Como dissemos, o visual precisa se manter minimalista.

Apenas como curiosidade: a cor exata do Black Tie é o azul da meia-noite, não o preto, embora esta seja a escolha mais popular entre os homens. Então, nesse sentido, o preto dá um ar atemporal à sua roupa.

Caso deseje variar na escolha, um terno de veludo também cai bem nesse tipo de ocasião em que Black Tie é o requisito. Contudo, se for a sua opção, prefira o veludo na cor preta. Há ainda outros tipos de terno a ser considerados.

Passo 2: foco na lapela

O nosso segredo para você que precisa usar Black Tie é se ater aos detalhes. E sim, neste contexto, até as lapelas importam.

As mais pedidas são as de pico por uma razão bem simples: aumentam a impressão de largura dos ombros, dando um ar mais imponente ao visual. Tendem a dar esse efeito em vários biotipos masculinos.

Se você usar uma lapela de pico, o resto do look precisa ser bem discreto e sóbrio, pois essa parte se destacará.

Alternativa para lapela: arredondada lisa

Bela, elegante e minimalista, a lapela arredondada lisa deixa seu smoking muito mais elegante, em se tratando de uma produção Black Tie.

Só é bom ter atenção ao detalhe das proporções na roupa, para que não destoe do resto do traje.

É importante destacar que você deve evitar lapelas com fendas, a todo custo. Caso contrário, se assemelhará a garçons de uniforme.

Passo 3: atenção às calças

No quesito calças, o ponto básico é: devem combinar com seu terno. A única exceção fica por conta do terno de veludo, pois é mais bem harmonizada com calça na cor preta.

As suas calças, no Black Tie, devem ter o caimento perfeito, isto é, nem longas demais e, menos ainda, curtas em demasia. Portanto, adapte a peça para que possa alongar as proporções e dar equilíbrio ao look.

Se for pedir um corte ideal para a calça, escolha slim fit. É jovem, sem perder de vista o lado clássico de um bom conjunto Black Tie.

Passo 4: a melhor camisa

Para esta peça, opte por segurança: camisa branca clássica com tecido plissado e nobre. Clean, direto e se curva à tradição.

O tecido deve ser o algodão. Já o colarinho pode ser virado, que proporciona maior conforto, ou então quebrado, que é mais elegante.

Caso você ouse muito na camisa, será mais um elemento a chamar atenção em seu look e disputar o olhar com as demais peças, o que você deve evitar a todo custo.

Passo 5: gravata – a peça-chave do conjunto

Bem, chegamos à peça que dá nome ao traje: a gravata.

Curiosamente, aqui é onde você mais poderá inventar, mas sem fugir das cores mais clássicas, como o preto e suas nuances. Eventualmente, o branco também pode ser uma opção. O material ideal é a seda.

Quanto ao nó, não se preocupe muito. O mercado já oferece alternativas ajustáveis, as quais vêm com o nó já na peça e, então, tudo que você precisa fazer é colocá-las pela sua cabeça. Prático e fácil!

Passo 6: sapato

Em relação aos melhores calçados, a opção mais interessante são os pares de couro brilhante, em cores clássicas. O preto é a mais popular, sem dúvidas. Dê preferência a modelos do tipo Oxford, com pontas afinadas.

Black Tie – finalização

Agora veja os toques finais em nosso guia de estilo de hoje.

Lenços e abotoaduras

Se você for em busca do clássico, deve escolher um lenço de cetim. Outras opções são algodão ou linho.

E as abotoaduras de sua camisa devem ser simples, sem muito destaque.

Cabelos

Devem ser preferencialmente curtos, mas nada impede que homens de cabelos longos façam um belo penteado para ficar bem elegantes em um Black Tie. É importante que estejam limpos e totalmente alinhados.

Perfume

Aqui você deve escolher uma fragrância de impacto. Geralmente, focar em perfumes que tenham famílias olfativas sofisticadas, com um aroma marcante e que remeta a poder e glamour. Tom Ford, Mont Blanc e Dior estão entre as grifes que oferecem opções nesse sentido, parecendo feitas sob medida para harmonizar com Black Tie.

Faixa

Também chamada originalmente de cummerbund — que vem da cultura hindu —, é essencial para acinturar bem o look e também para fazer com que você tenha um verdadeiro Black Tie.

O que achou deste artigo que conta todos os detalhes do estilo Black Tie e serve como guia essencial do que você deve usar nesse tipo de dress code? Lembre-se de que, para muito mais conteúdo sobre moda e estilo masculinos, você pode seguir a Camisaria Italiana no Instagram.