Descubra a conexão entre moda masculina e franquia e decida se vale a pena investir nesse setor.

Já falamos aqui no blog da Camisaria Italiana que os homens estão cada vez mais interessados sobre as tendências de moda e preocupados com a aparência. Sendo assim, é esperado que a consequência seja um aumento nas ofertas de produtos e serviços do setor, não é mesmo?

Mudanças de comportamento dos homens

Esse interesse dos homens pela aparência e bem-estar não deveria ser algo tão fora do comum, não é mesmo? Afinal, por que os homens não poderiam querer se cuidar e se vestir bem, da mesma forma que é esperado das mulheres? Bom, para explicar isso, seria necessário analisar fatos históricos, culturais e sociais que moldam a sociedade.

O importante é que, atualmente, isso está tornando-se cada vez mais comum, causando menos estranhamento e julgamento. Seja no ambiente profissional ou pessoal, os homens estão experimentando e ousando mais; querendo aprender sobre diferentes tipos de tecido, cortes e modelos; e expressando mais sua personalidade por meio de seu visual.

É natural, portanto, que isso gere uma consequência no mercado: mais demanda exige mais oferta. Além do maior número de marcas, lojas e peças, novos nichos podem ser explorados. Por exemplo, roupas estampadas, acessórios masculinos, calças em diferentes cores, tecidos ou modelos.

Um dado interessante foi publicado pelo site Gazeta do Povo, apontando que, de acordo com o Pinterest – rede social focada em imagens e referências da internet –, o número de usuários masculinos cresceu mais de 50% em 2017 e houve um aumento de 80% nos Pins salvos em “moda masculina”.

Por que investir em franquias de moda masculina?

Se o mercado de moda masculina está em expansão, como aproveitar? Além da opção de criar uma marca e abrir a própria empresa, é possível investir em franquias. No post Já pensou em abrir uma franquia de moda masculina?, apresentamos alguns dados estatísticos e informações relevantes sobre esse assunto.

A opção do modelo de franquia é vantajosa por diversos motivos: menos riscos, reconhecimento de marca, apoio da rede, menor investimento inicial etc. Confira no nosso post 7 motivos para abrir uma franquia que podem incentivá-lo a escolher esse tipo de negócio.

Exemplos de que moda masculina está em alta

Você percebeu alguma diferença no seu dia a dia que mostre que, de fato, os homens estão mais preocupados com a aparência, mais abertos a novidades e mais interessados em expressar seu próprio estilo? Alguns exemplos são:

  • O número de barbearias “gourmet” que aparece nas cidades. Com estilo retrô, serviços especializados para barba e bigode, além da venda de chopes e cervejas artesanais, essa tendência pode ser facilmente notada nos centros urbanos.
  • A divulgação de marcas e lojas que vendem roupas sem distinção de gênero (por exemplo, uma seção masculina e outra feminina).
  • O aumento de opções de cores e estampas nas lojas de moda masculina.
  • O uso mais amplo de acessórios por homens: pulseiras, colares, cintos, relógios, bolsas, mochilas etc.
  • A flexibilização de algumas regras ou recomendações de vestimenta no ambiente de trabalho. A Casual Friday (uma sexta-feira em que é possível usar uma roupa mais informal) está sendo adotada por muitas empresas.
  • A democratização das cores entre os gêneros. Essa convenção de rosa para meninas e azul para meninos está ficando para trás. Basta ver que uma das cores em alta para o inverno de moda masculina de 2018 é o rosa.

Quer saber mais tanto sobre franquia quanto sobre moda masculina? Acompanhe o blog da Camisaria Italiana! E se você ficou com vontade de investir no setor, recomendamos também o artigo 5 razões para você apostar no segmento de vestuário.

Guia completo franquia - Camisaria Italiana