Muitos homens ainda têm dúvidas na hora de escolher a gravata mais adequada para um look perfeito e atual. Tem que combinar com a cor da camisa? Estampa pequena ou grande? Modelo slim ou clássico? Você vai ver neste post que não é tão complicado estar elegante e estiloso com a gravata ideal.

6 dicas para combinar camisa masculina com gravata

Primeiro, vale a pena dizer que não há regras, e sim recomendações e dicas para criar um look harmonioso. Lembre-se sempre de respeitar o seu gosto e estilo pessoal! Além disso, considere a ocasião: quanto mais formal, o mais recomendado é ficar perto do clássico e sóbrio; situações informais permitem mais estampas e cores vívidas.

1. Cor da camisa e cor da gravata

Essa é uma das principais dúvidas ao escolher uma gravata. O ideal é que haja um contraste entre as peças, no geral com o tom da gravata mais escuro do que a camisa. Se a camisa é clara, opte por uma gravata de tom mais escuro; se a camisa for escura, você pode usar uma gravata de tom mais escuro ou de tom semelhante com detalhes mais claros, por exemplo.

Sobre a escolha das cores, você pode:

  • Optar por gravatas sólidas de cores neutras, como preto, cinza e azul marinho, com uma camisa branca, que não terá erro;
  • Combinar cores iguais em diferentes tons: por exemplo, uma camisa azul clara e uma gravata azul marinho;
  • Usar cores complementares: no círculo cromático, são as cores opostas. Por exemplo, laranja e azul. Essa opção foge do clássico e é mais ousada.
  • Usar cores análogas: no círculo cromático, são as cores vizinhas. Por exemplo, azul e roxo.

2. Cor do terno e cor da gravata

A cor do terno também influencia na escolha da gravata. Um terno escuro e sóbrio, como preto ou azul marinho, permite o uso de uma gravata em tons mais chamativos, como vermelho, violeta e amarelo, ou uma gravata estampada.

Um terno claro, como bege ou cinza claro, cai melhor com uma gravata de tom neutro e discreto.

Já o terno de risca de giz pode ser usado com uma gravata de tom neutro ou ainda com uma estampa xadrez ou de listras diagonais, por exemplo, evitando listras verticais finas (para não ficar igual ao terno).

3. Estampa combinada com peça lisa

Se a ideia for usar uma gravata estampada, a dica é escolher uma camisa lisa com a mesma cor de um aspecto da estampa. Por exemplo, se a gravata tiver listras pretas e cinzas, você pode optar por uma camisa cinza. O mesmo vale para uma camisa estampada com gravata sólida, de cor única.

Outra sugestão é combinar a estampa com uma camisa lisa de tom neutro, como branco ou azul clarinho.

4. Estampa combinada com estampa

Também é possível combinar estampa com estampa. Nesse caso, vale a pena adotar a seguinte técnica: estampas de proporções diferentes. Por exemplo, se a camisa tem listras verticais finas, a gravata pode ter listras diagonais mais grossas (é a mesma lógica que falamos acima, sobre o terno risca de giz); se a camisa for xadrez tradicional, a gravata pode ter bolinhas pequenas, e assim por diante.

5. Modelo da gravata

A gravata clássica combina com todos os tipos de camisa e terno. Já a gravata slim, que é mais estreita, fica mais harmônica com terno e camisa também no modelo slim.

6. Sugestões de combinações

Quer algumas ideias? Fizemos um post com dicas de combinações para você não perder tempo escolhendo roupas. Além disso, aqui vão algumas sugestões:

  • Camisa cinza com gravata bordô;
  • Camisa (ou terno) azul marinho com gravata rosa;
  • Terno marrom com gravata mostarda ou laranja;
  • Camisa xadrez Vichy (padrão pequeno) azul e gravata listrada preto com azul;

Se você gostou deste artigo, vai gostar também de saber mais sobre os diversos tipos de colarinho.

CTA Camisaria Italiana