A ideia de que moda é coisa de mulher já ficou para trás há muito tempo. A moda faz parte da sociedade, é influenciada pelo cenário político e econômico e está ligada à arte e cultura do mundo. E os homens, como participantes ativos disso tudo, estão inevitavelmente inseridos nesse universo. O fator que ainda está avançando timidamente é a consciência masculina sobre todas as opções que possuem, seus gostos, as tendências que os agradam e a construção de um estilo próprio. Neste post, vamos explorar o estilo masculino e ajudá-lo a encontrar o seu lugar no mundo da moda.

Principais pontos a considerar na hora de se vestir

Muitas vezes a dificuldade está em separar o que você gosta do que não gosta, o que cai bem, o que favorece o seu biotipo, o que é prático para o dia a dia, o que é adequado para determinadas ocasiões etc. Para facilitar essa análise de autoconhecimento, alguns pontos podem ser destacados:

 

Personalidade: seja você mesmo!

Mesmo que você não seja tão ligado às tendências de moda masculina, você tem suas preferências na hora de montar um look. Isso tem a ver, entre outras coisas, com sua personalidade. Se é mais tradicional, vai optar por peças mais clássicas e cores mais neutras, por exemplo; se é mais ousado, talvez escolha cores vívidas e cortes diferenciados; ou se gosta de detalhes, vai dar atenção especial aos acessórios.

Independentemente de qual seja seu perfil, o importante é entendê-lo, aceitá-lo e saber expressá-lo. Afinal, os looks são ótimas formas de mostrar ao mundo um pouco mais sobre você.

 

Estilo de vida: praticidade + compatibilidade

Suas atividades diárias, seus hobbies e seus hábitos influenciam muito nas suas vestimentas. Uma pessoa que trabalha o dia todo em um escritório e gosta de programas tranquilos durante o fim de semana terá um guarda-roupa diferente de alguém que é autônomo e prefere eventos mais agitados nas horas livres.

Para facilitar e otimizar o tempo na hora de montar looks masculinos, vale a pena ter peças compatíveis com o estilo de vida do momento. Isso não impede de manter um conjunto de peças para ocasiões inesperadas, que fogem do seu padrão diário.

 

O conforto está ligado à sua postura e atitudes

Quando vestimos algo que nos deixa desconfortáveis, todo o nosso corpo muda – gestos, posturas, expressões – bem como nosso estado mental e emocional – ficamos mais inseguros, vulneráveis e desconcentrados. Portanto, procure incluir o conforto como uma das prioridades na hora de se vestir. Nem sempre um look que fica bem em uma pessoa vai cair bem em você. E isso é normal, pois as pessoas são todas diferentes. O segredo é adaptar tendências e looks para o que o agrada e deixa confortável.

Seu tipo físico não é limitante

Ainda relacionado ao tópico acima, vale lembrar que existem diversos tipos físicos e o primeiro passo para encontrar peças que caiam bem no seu corpo é conhecendo-o. Olhe a si mesmo no espelho, experimente diferentes modelos e cortes de roupa e teste combinações. Embora algumas peças possam ser recomendadas para um ou outro biotipo, o mais importante é tirar suas próprias conclusões. Por exemplo, se você está acima do peso, mas quer usar uma camisa slim fit, encontre uma peça que o agrade e não se deixe prender por “regras”.

 

Este post foi útil para ajudá-lo a vestir-se bem? Que tal aprofundar ainda mais seu conhecimento e conferir os cuidados do dia a dia para causar uma boa impressão?

 

Loja Virtual - Camisaria Italiana